5 Inovações tecnolgicas que so mais velhas do que imaginava

A ciência moderna está criando e inovando tão rápido que quando compramos um telefone, 48h depois ele já se torna ultrapassado, tendemos a supor que praticamente a maioria das tecnologias presentes em nossas vidas é uma inovação relativamente recente.

Mas muitas vezes, esta impressão que temos está muito longe da realidade. A maioria das tecnologias que acreditamos serem super modernas, são na realidade muito, mais muito mais velhas do que pensávamos.

Inovações do passado
Inovações do passado

Aqui estão algumas das tecnologias desenvolvidas em um passado distante:

#5. Máquinas de FAX – Alexander Bain, 1843

A menos que você seja MUITO velho, você provavelmente conhece a máquina de fax. Durante muitos anos essas máquinas funcionaram como verdadeiras salvadoras mágicas que nos impediram de ter que esperar uma semana para documentos serem entregues (ou perdidos) pelos correios. Depois que a internet e o email apareceram, o fax foi perdendo seu espaço até se tornar obsoleto diante da tecnologia moderna.

A ideia de transmitir e reproduzir documentos a longa distância foi patenteada por Alexander Bain em 1843. Da união da idéia de Bain com aparelho telefônico criado por Alexander Graham Bell, o primeiro protótipo do fac-símile, mais conhecido como fax, foi criado nos Laboratórios Bell em 1926.

Hoje em dia a maioria das máquinas costumam ficar paradas em algum canto, cheias de poeira.

 #4. Calculadora – Blaise Pascal, 1640

Sim, século 17. Enquanto o resto do mundo estava lidando com várias pragas e com o movimento barroco, um homem chamado BlaisePascal ignorou as lutas da vida cotidiana, a fim de fazer da matemática sua cadela. Depois de algumas muitas pesquisas, Pascal realmente conseguiu construir a primeira calculadora mecânica do mundo, que se tornou conhecida como Pascaline.

Hoje, as calculadoras mecânicas são estão quase extintas, e até seus sucessores digitais estão lutando uma batalha perdida, considerando que o seu poder é ofuscado pelos smartphones.

#3. Lentes de Contato – Adolf Fick, 1888

Os olhos são órgãos instáveis ​​e bastante vulneráveis, então é claro que a ciência passou muito tempo cutucando eles. No entanto, neste caso em particular, os seus esforços deram frutos maravilhosos: Desde que as lentes de contato ganharam a aprovação da FDA (Food and Drug Administration) em 1971, a sua ciência mágica, tem vindo a oferecer-nos uma alternativa para os óculos.

#2. Sismógrafo – Chang Heng, 132

Se você mora em uma área que é propensa a terremotos, vulcões, ou outras formas terrestres de exagero que o nosso precioso planeta gosta de atirar em nós, um sismógrafo pode ser bem útil para você. Compreensivelmente, a necessidade da humanidade de inventar um dispositivo que poderia manter-se alerta com os fenômenos da  natureza, sempre foi muito urgente.

O primeiro sismógrafo conhecido é o “Sismocóspio”, inventado na China por Chang Heng em 132. Este aparelho consistia numa bola de bronze sustentada por oito dragões, que a seguravam com a boca. Quando ocorria um tremor de terra, por menor que fosse, a boca do dragão abria e a bola caía na boca aberta de um dos oito sapos de metal que se encontravam em baixo.

#1. Mídias de CD –   John Logie Baird, 1928

Mesmo que você não seja velho o suficiente para estar no grupo dos que lembram da era do fax, como mencionamos anteriormente, você provavelmente se lembra da transição de fitas VHS para DVD que tivemos. Mas quando os primeiros discos de vídeo surgiram? Segundo os arquivos tecnológicos, os discos a laser surgiram no início de 1980, mas os videodiscs surgiram um pouco antes disso, nos anos 20.

Veja também:

Conheça a mão biônica mais avançada do mundo!5 Tecnologias futuristas mais incríveis feitas por japonesesOs robôs atletas que provavelmente são mais rápidos que você Watch: Surgem mais detalhes sobre o projetoBad Motherfucker: O Clip mais Russo da atualidade!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *